Pesquisar no Blog

sábado, 17 de dezembro de 2011

O que mais gosto?

A partir desta pergunta os alunos do curso de Vídeo de Bolso do Telinha de Cinema de Goiânia 2011/2 produziram um pequeno vídeo-resposta. O resultado foi uma coletânea de diversos vídeos revelando um pouco a cara dos "telinhas". Os monitores Ricardo Nogueira e Renato Prado, assim como a coordenadora pedagógica, Jô Levy, e o coordenador geral, Aluísio Cavalcante, também deixaram seu registro. A montagem ficou a cargo de Ricardo Nogueira. O vídeo abriu o 2º Curta Telinha e provocou sorrisos emocionados entre os presentes.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

2º Curta Telinha - Goiânia


O encerramento das atividades do semestre do Telinha de Cinema-Goiânia foi marcado pelo 2º Curta Telinha, mostra de vídeos do Telinha de Cinema, realizado nesta quinta-feira (15). Foram exibidas algumas produções dos alunos das turmas A e B do curso de vídeo de bolso, num total de 18 vídeos produzidos com celular.

Durante o evento foram entregues os certificados e alguns prêmios aos alunos que, durante o curso, demonstraram interesse, comprometimento, iniciativa, capacidade de trabalhar em equipe, além de criatividade e bom desempenho nas atividades de criação de roteiros, produção/gravação e edição.

Guthierrez Gregório, aluno da turma A, premiado com um netbook, disse que o curso superou suas expectativas e que não imaginava que seria tão dinâmico. Augusto Segato, aluno da turma B, também premiado com um netbook, comentou que quer continuar participando das atividades do Telinha de Cinema, como as residências artísticas, por exemplo. "Aqui eu aprendi a editar e sempre gosto de aprender coisas novas", afirmou Augusto, enquanto seus pais, o Sr. Divino e a Sra. Rachel, não conseguiam esconder a alegria pela conquista do filho.
Guthierrez Gregório
Augusto Segato 
   

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

2º Curta Telinha e finalização das atividades

Os alunos no 2º Curta Telinha
Segunda(12) foi um dia especial e emocionante para todos nós, tanto para a equipe da Ong quanto para os alunos do Curso de Vídeo de Bolso, do projeto Telinha de Cinema. Na finalização das atividades do semestre, alunos e familiares vieram ao nosso espaço assistir aos melhores vídeos produzidos nas aulas do projeto em Palmas.

A equipe de educadores e estudantes universitários dos dois núcleos organizou uma seleção entre os microdocumentários, reportagens, ficções e propaganda social que foram realizados pelos alunos e organizaram uma programação que, além do desenvolvimento pessoal de cada um, mostra as habilidades e os conhecimentos artísticos e tecnológicos que foram adquiridos. Além de tudo isso foi muito bom ver a realização pessoal de cada aluno e conviver com esses jovens cheios de talento e vontade de aprender coisas novas e expandir os horizontes.

A equipe se emocionou ao premiar os alunos
Os alunos foram premiados com aparelhos celulares para o melhor roteirista, MP4, pendrives e netbooks. A entrega dos prêmios foi emocionante e merecida para os alunos  Hellem Cristina, do turno da tarde e o Erivaldo Neto, da turma da manhã. O momento foi de grande alegria por ver o resultado de todo o trabalho da equipe e dos jovens, mas também de despedida de mais uma etapa do projeto. 

O sentimento que ficou na equipe foi o de realização e alegria de ver essas vidas transformadas. Agora é esperar ansiosamente pelo ano que vem e ver a Ong cheia de jovens novamente.


A galera toda reunida depois das premiações 

Você pode assistir aos vídeos produzidos por essa garotada no nosso canal, no youtube: http://www.youtube.com/playlist?list=PL0AC4F9D9151E452F&feature=mh_lolz

A equipe toda reunida: Fernanda Veloso, Thuanny Vieira, Marina Bitar, Inaê Ribeiro e Daniel Silva 

2º Curta Telinha Goiânia


Nesta quinta-feira (15) a Sala Beto Leão, na UEG Unidade Laranjeiras em Goiânia, recebe o 2º. Curta Telinha – Festival de Micrometragens do projeto Telinha de Cinema, realizado pela ONG Casa da Árvore em parceria com a UEG e o patrocício da Vivo e da Patrobras, através do Programa Desenvolvimento e Cidadania. A mostra reúne micrometragens (vídeos com até 3 minutos) de animação, documentário, ficção e propaganda social realizada por jovens com idade entre 14 e 18 anos, moradores da região sudoeste da capital. O 2º. Curta Telinha começas às 19h e a entrada é franca. A mostra também acontece virtualmente no blog www.telinhadecinema e no perfil da ong no Facebook.

Desde o início do ano o projeto Telinha de Cinema possibilita o acesso gratúito ao conhecimento artístico e tecnológico a estudantes da rede pública através do Curso de Vídeo de Bolso. A cada semestre duas novas turmas de 20 alunos são formadas e as aulas realizadas durante um semestre letivo, no contraturno escolar, com a carga horária de 140 horas. Durante os encontros a equipe pedagógica da ong Casa da Árvore conduziu os adolescentes por experiências de concepção, produção e compartilhamento de vídeo de bolso, que são conteúdos audiovisuais realizados através de mídias móveis.

Na ocasião serão premiados os realizadores dos melhores vídeos de bolsos que receberão netbooks, celulares, MP4 e Pendrive como forma de incentivo aos alunos continuarem a produzir.



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

2o. Curta Telinha - Mostra On Line


O Telinha de Cinema preparou para você uma seleção dos melhores vídeos de bolso produzidos pela turma do segundo semestre de 2011. É o Curta Telinha, que já está na sua segunda edição. Abaixo você confere os trabalhos desenvolvidos pelos alunos de Palmas-TO. Confira ! Compartilhe ! 


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

História do ruído é tema da segunda edição do Ciclo de Debates em Palmas


A Ong Casa da Árvore traz a segunda edição do Ciclo de Debates em Palmas, ”Sobre Ruídos”. O debate vai contar com a participação da artista residente Vanessa de Michelis(http://www.azucrinarecords.net/), de Belo Horizonte, além da presença dos convidados Thaise Nardim, professora do curso de artes da UFT e Bob Maia,  jornalista e técnico em rádio e TV da UFT e do coordenador do Restelinha, Nacho Durán, como mediador. O encontro acontece nesta quinta-feira 8, a partir das 19:30 no anfiteatro 2 do bloco D, da UFT. A entrada é gratuita e o debate será transmitido em tempo real na página do blog: http://www.res-telinha.art.br/.

O Ciclo de Debates é uma das linhas de atuação do projeto Telinha de Cinema, desenvolvido pela ONG Casa da Árvore em parceria com a Vivo, a Petrobras e o apoio da UFT. A iniciativa tem o objetivo de estimular a vocação das universidades públicas para pesquisa e extensão dedicadas a interface entre a educação, a arte e as novas tecnologias.  Para isso visa estimular a troca de experiências entre artistas, educadores e estudantes universitários.

 “Sobre Ruídos” vai abordar alguns pensamentos, referências e histórias que influenciaram e influenciam a artista na jornada de investigação, utilização e experimentação com eletrônica, instrumentos, software, áudio, música e outras matérias/objetos sonoros pertencentes ao universo do ruído. A partir dessa análise, os convidados juntamente com os acadêmicos vão promover um debate acerca da experiência cotidiana com os ruídos e da aproximação que eles têm com a vida das pessoas.

“Estou ansiosa pelo debate pois é um dos momentos em que podemos conversar de uma maneira mais delongada e expandida sobre o tema. Ás vezes somente com performances e oficinas o ruído causa muito estranhamento, agressividade e distância. acredito na abordagem do diálogo, da abertura de processo e das explicações sobre o tema.”, ressalta a artista residente, Vanessa.


Vanessa de Michelis e Manuel de Andrade do coletivo Azucrina Records foram  selecionados para a realização do Circuito de Residências Artísticas, realizado pela Ong. Eles foram convidados a residirem temporariamente  nas comunidades atendidas pelo projeto enquanto compartilham técnicas e experiências culturais e tecnológicas para produzirem uma obra colaborativa com os alunos.  Manuel desenvolveu a primeira parte da residência e finalizou com uma performance envolvendo acadêmicos no hall da biblioteca, na UFT. Agora é a vez da Vanessa desenvolver junto aos alunos do projeto Telinha de Cinema, oficinas voltadas à criação de trilhas sonoras para serem usadas nos vídeos que eles estão produzindo. Além das oficinas, a artista vai realizar um laboratório aberto para desenvolver pesquisas com áudio, gravações e bancos sonoros. Os laboratórios vão acontecer durante esta semana no período da tarde, como um processo aberto e colaborativo com os alunos interessados em pesquisar, aprender e trocar experiências sobre sons e ruídos.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Telinha na 10a. Oficina de Inclusão Digital


O projeto Telinha de Cinema estará presente na 10a. Oficina de Inclusão Digital, que acontecerá de 05 a 07 de dezembro em Vitória - ES. A convite da Fundação Banco do Brasil a Casa da Árvore irá realizar um workshop sobre a tecnologia social desenvolvida pela entidade e reaplicada em diversos Estados do Brasil. No dia 07, às 9h o coordenador geral do Telinha de Cinema, Aluísio Cavalcante, juntamente com Paulo Nishi, assessor da Gerência de Educação e Tecnologia Inclusiva da Fundação Banco do Brasil.



A Oficina para Inclusão Digital é um evento anual realizado pelo Governo Federal e parceiros que busca reunir tanto agentes públicos quanto a população atuante em espaços que oferecem o acesso às tecnologias da informação, para o debate da configuração atual e de novas propostas para a política de inclusão digital no país.
Realizada desde 2001, por ser um espaço de discussão de políticas públicas, estratégicas e diretrizes de ações que promovam a apropriação das tecnologias digitais pela população, a OID (Oficina para Inclusão Digital) tem como eixo fundamental a inclusão social. Além dos envolvidos diretamente com as TICs (tecnologias da informação e comunicação), o evento também é aberto a todos os interessados que buscam maiores informações ou até mesmo àqueles que buscam aprimorar seus conhecimentos práticos na área, uma vez que a oficina além das plenárias, palestras e debates, conta também com oficinas práticas. O evento também disponibiliza, em sua estrutura, uma área montada com computadores e acesso à internet para o uso pelos participantes. LEIA MAIS
 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

DESAFIO Telinha de Cinema

A criatividade da garotada do Telinha, em Palmas, está a mil. Tudo porque eles estão tendo que colocar ideias pra fora da caixola para ganharem prêmios no DESAFIO Telinha de Cinema. 

Alunos do Telinha de Cinema em ação
No desafio desse semestre os alunos vão ter que produzir uma propaganda social, como explica a educadora do projeto, Inaê Ribeiro: "Os alunos escolherão uma temática sobre algum problema que acontece na comunidade. Por exemplo, a dengue, a falta de emprego, etc. O objetivo é fazer uma propaganda que façam as pessoas caírem na real. Como uma propaganda de televisão mesmo, de utilidade pública."


Na primeira parte do desafio os alunos foram desfiados a elaborarem um roteiro. Cada um vai criar um roteiro e a equipe de educadores da Ong vão escolher os melhores de cada turno. Os autores dos melhores roteiros vão concorrer a um aparelho celular. 
Na segunda parte do desafio, os alunos com os melhores roteiros vão ter que escolher mais dois colegas que concorrerão aos mp4 e formarão uma equipe. Vão ser equipes com três pessoas para que assim, eles produzam a propaganda a partir do roteiro do colega. 

Os roteiros e os vídeos serão avaliados por uma banca com pessoas que entendam de audiovisual, mas que não trabalhem na Ong. Assim, dois grupos vão ser premiados no DESAFIO: um da manhã e um da tarde. O aluno roteirista vai ganhar o celular e os outros dois integrantes da equipe irão ganhar os mp4. Isso vai incentivar os alunos a se empenharem e a trabalharem em equipe para que todos do grupo sejam premiados.

O resultado da premiação só vai ser revelado no dia 09 de dezembro no Curta Telinha, aqui mesmo no espaço da Ong Casa da Árvore, e vai marcar o encerramento das atividades do projeto desse semestre.

sábado, 19 de novembro de 2011

Visita ao Laboratório de Imagem e Som

Os alunos do Telinha de Cinema visitaram o Laboratório de Imagem e Som (LIS) Sílvio Bragatto, do curso de Comunicação Social/Audiovisual da UEG. Como funciona, quais os equipamentos necessários para captar imagem e som, curiosidades sobre o processo de gravação em estúdio, detalhes sobre o curso de Audiovisual foram algumas das perguntas que os alunos do Telinha fizeram aos funcionários Vasconcelos Neto e Sidi Leite.


Imagem de Danilo Marques no video assist
O aluno Luciano Marciano disse que  gostou das paredes com sonex para isolamento acústico e também de conhecer as câmeras filmadoras e a grua. Segundo Neto, os alunos começaram perguntando sobre os equipamentos, mas depois quiseram saber sobre o mercado audiovisual e as perspectivas profissionais.


 Luciano desenha com a luz do celular

Depois de muitas perguntas e demonstrações sobre o uso de equipamentos, os alunos experimentaram uma sessão de light painting, que é uma técnica de desenho com luz.

A visita ao LIS teve um caráter investigativo, já que este é o foco  das atividades desenvolvidas no momento, como as videorreportagens.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Premiação no Telinha

Alunos são premiados no Telinha de Cinema
Alguns jovens do projeto Telinha de Cinema se depararam com uma surpresa hoje, aqui no nosso espaço. Os alunos foram premiados com pen drives de 4GB e escolhidos de acordo com o comprometimento, a participação e o interesse que demonstraram ao longo das aulas do projeto.

Na turma da manhã, os premiados foram o Pedro Tavares Melo Neto, o Wanderson Ricardo Mota Rocha e a Luana Rúvia Machado. Pela tarde os premiados foram os alunos Bruna Alves Fernandes, Sara Oliveira Pinto e Thiago Neris Macaípe.  "Eu achei muito legal e interessante. É muito bom saber que você foi destaque ao longo do curso.", revelou a aluna Bruna.

Essa premiação foi a primeira de outras que vão acontecer até o final do semestre. Os alunos ainda vão ser premiados com celulares, mp3 e netbooks. 



quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Fernanda Takai conversa com Telinha de Cinema

Em junho, a cantora Fernanda Takai, vocalista do Pato Fu, esteve em Goiânia com o show Luz Negra, dentro do projeto Flamboyant in Concert. O Telinha de Cinema fez a cobertura do show e uma entrevista exclusiva com a cantora, que pode ser conferida agora. É só clicar.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Aula especial de animação digital com Ricardo de Podestá

O Telinha de Cinema Goiânia recebeu o animador Ricardo de Podestá, da Mandra Filmes, para um bate-papo sobre animação digital. Depois de exibir Tamanduá Bandeira, a mais recente produção da Mandra,  Ricardo tirou dúvidas dos alunos sobre o processo de criação de animações utilizando o computador.

Os alunos do Telinha de Cinema, que já tinham realizado trabalhos em stop motion e pixilation, puderam experimentar um pouquinho da técnica de animação digital, utilizando o programa Flash. Quem visitasse a sala de edição poderia conferir dezenas de bolinhas coloridas pulando nas telas dos computadores ou estrelas que se transformavam em outros objetos. A cara dos alunos? Era uma alegria só.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Exposição encerra as oficinas de Reaplicação Escolar no CEM Santa Rita

Alunos do CEM Santa Rita assistem aos filmes que eles produziram
Quem estava passeando pelo pátio do CEM Santa Rita de Cássia na última quinta(20), pode ver o resultado dos trabalhos realizados pelos 25 alunos que participaram do projeto de Reaplicação Escolar, desenvolvido pela Casa da Árvore.

A exposição foi fruto de três oficinas realizadas na escola pela equipe da Ong com supervisão da educadora Inaê Ribeiro, em conjunto com estudantes egressos do projeto Telinha de Cinema, Danilo Brian e Rodrigo Maranha e com a colaboração da professora de literatura da escola, Rosângela Lopes. 

Os alunos, a professora, os alunos oficineiros e a equipe da Ong na última oficina
No último dia de oficina, os estudantes colocaram em prática o que aprenderam nas oficinas anteriores: construção de steadicam artesanal, noções básicas para a elaboração de um roteiro, a adaptação de temas relacionados à Literatura Barroca e a produção e gravação de vídeos a partir dos roteiros elaborados.

O estudante Danilo Brian que foi um dos oficineiros da reaplicação achou interessante a experiência de ser professor por alguns dias. Ele disse que se sentiu seguro e confiante ao ensinar seus colegas, pois, nas oficinas em que participou do projeto de Residências Artísticas ele aprendeu o que precisava para poder passar o conhecimento aos colegas. Danilo e Rodrigo também sentiram algumas dificuldades que os professores passam no dia a dia escolar. "Foi muito bom ver os alunos interessados", concluiu Danilo.


As alunas Daiane e Camila conferem as fotos do Making Of
"Eu, particulamente, tive um aproveitamento muito bom. Acredito que na sala de aula eu não aprenderia tanto quanto em uma aula tão divertida.", disse a aluna Camila quando perguntamos sobre o que ela achou da oficinas de reaplicação. Ela e a amiga Daiane disseram que ficaram interessadas em participar do projeto Telinha de Cinema depois dessa experiência que une a educação da escola com experiências artísticas e tecnológicas.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Aula animada

Os alunos do Telinha de Cinema de Goiânia estão envolvidos na produção de vídeos de animação. Antes de colocarem a mão na massa, os alunos conheceram a história da animação, desde a primeira produção, um desenho chamado Fantasmagorie, de 1908, até animações digitais, stop motion e pixilation, entre  outras técnicas.

A produção de vídeos de animação com celular tem seus segredos. Um deles é manter o celular fixo e a luz do ambiente sempre a mesma para evitar distorções indesejadas.


"O que eu mais gostei foi de montar a estrutura para colocar o celular", comentou Augusto Silva Segato, aluno da turma B. O grupo improvisou uma estrutura de madeira como suporte para o celular, o que garantiu uma melhor qualidade das fotos e do resultado da animação.

Nas próximas aulas os alunos vão editar e finalizar as produções.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Cicuito Telinha na Escola capacita professores em Brasília

A turma de professores que participaram do Circuito em Brasília
 O projeto Circuito Telinha na Escola está com mais uma edição, desta vez em Brasília. O Circuito, que tem como objetivo incentivar o uso consciente de novas tecnologias em sala de aula vai integrar a programação do I Seminário do Núcleo de Tecnologia do Guará que acontece de 17 a 21 de outubro.

O Circuito Telinha na Escola vai capacitar 24 professores durante quatro dias de oficinas, que vão experimentar técnicas básicas de produção de vídeo de bolso (técnicas de concepção e apropriação pedagógica do roteiro, técnicas de captação de imagem e som com o celular e outros dispositivos móveis, técnicas e linguagens de edição de vídeo), além da criação de mapas multimídia. A proposta é estimular os professores a utilizarem estas e outras ferramentas em sala de aula, aproveitando o interesse e as habilidades de seus alunos no desenvolvimento de conteúdos curriculares.

A oficina será realizada no NTE do Guará, localizado na QE 7, Área Especial M, e contará com 16 horas-aula. Nesse período, além das técnicas básicas de todo o processo de produção audiovisual, os participantes também deverão experimentar como transformar ferramentas gratuitas existentes no celular, como a conexão via Bluetooth e o bloco de notas, em aplicações pedagógicas. A participação no evento é gratuita e será oferecido o certificado de participação.

A coordenadora Leila Dias e os professores

Na abertura do evento(17), vários profissionais da área de educação e tecnologia deram palestras. Entre eles, a coordenadora de Residências Artísticas da Casa da Árvore Ong, Leila Dias, falou sobre aprendizagem e mobilidade. A palestra aconteceu no Auditório ICESP-Guará I e contou com a participação de professores e educadores.

O Circuito Telinha na Escola é um circuito de capacitação para o uso de novas tecnologias realizado pela ONG Casa da Árvore e  a VIVO, através da parceria com a Secretaria de Educação do Distrito Federal, por meio do NTE (Núcleo de Tecnologia Educacional) do Guará. O objetivo é incentivar o uso consciente de novas tecnologias em sala de aula e permitir que o professor desenvolva, por meio delas, práticas pedagógicas envolvendo o uso do celular e das redes sociais.




Abaixo, a programação com os locais dos mini-cursos e oficinas:


Circuito Telinha na Escola:

Período: 18 à 21 de outubro
Local: Laboratório NTE Guará – CED 02 –GG
Público alvo: professores e educadores em geral


Mini Cursos:

Temas: Linux, Joomla, Fotografia, Blog, Web Quest, Sistemas para WEB, Relato de Experiências com o uso de computadores na educação.
Período: 18 à 21 de outubro
Local: Laboratório de Informática do CED 02 (GG)
Público alvo: coordenadores de laboratório de informática, educadores interessados em tecnologia nas escolas.

Palestras, cursos e relatos:

Palestras: Linux, Programa Nacional de Informática –Proinfo-MEC, ProUca-Um Computador por Aluno, Cyberbuling, Vivo- aplicativos na telinha do celular, Gerência de Multimídia/SEEDF, Diretoria Regional de Ensino do Guará. 


Mais informações: http://dreguara2011.com/

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

3ª edição do Circuito de Residência Artística - Do Audio ao Bending: Trilhando Campos Sonoros


Já estão abertas as inscrições para a 3ª edição do Circuito de Residência Artística, que acontecerá durante os próximos dois meses na sede da Ong, em Palmas.

As vagas são dedicadas a adolescentes egressos do Curso de Vídeo de Bolso do próprio Telinhade Cinema, além de músicos, produtores, realizadores de audiovisual, vjs, compositores e estudantes universitários interessados. A iniciativa é realizada pela ONG Casa da Árvore, com apoio da Universidade Federal do Tocantins(UFT) e o patrocínio da Vivo e da Petrobras, através do programa Desenvolvimento e Cidadania.







Vanessa e Manuel na criação de sintetizadore
Os artistas Vanessa De Michelis e Manuel Andrade, fundadores do coletivo Azucrina Records, vão trocar as ladeiras de Belo Horizonte (MG) pelo ensolarado cerrado tocantinense. Eles foram os artistas selecionados para a 3ª edição do Circuito de Residências em Educação Arte e Tecnologia do projeto Telinha de Cinema – ResTelinha e vão desenvolver bancos sonoros de efeitos e texturas, a partir da criação de sintetizadores e objetos sonoros analógicos e digitais. O objetivo é compartilhar com jovens artistas de Palmas técnica, tecnologia e experiências estéticas.

Os encontros acontecerão na sede do projeto, que fica no Jardim Aureny I, bairro da capital onde os artistas residirão durante os meses de Residência. Segundo Vanessa Michelis, a expectativa é de “levar aos participantes a compreensão de que a gravação de sonoridades do cotidiano e construção de circuitos eletrônicos simples são potencialmente fontes para composição sonora”.





As inscrições são GRATUITAS e devem ser feitas pelo site www.res-telinha.art.br. Lembrando que as vagas são limitadas!


terça-feira, 11 de outubro de 2011

3º dia de oficina da reaplicação escolar é adiado para a próxima quinta(13)

O terceiro dia de atividades de reaplicação escolar que a Casa da Árvore está desenvolvendo no CEM Santa Rita de Cássia iriam ocorrer na última quinta(6), mas foram adiadas para o dia 13 de outubro. Algumas escolas públicas de Palmas tiveram conselho de classe, e por isso, os alunos foram liberados mais cedo na semana passada.

Por este motivo, o último dia de oficina que une a tecnologia com o conteúdo curricular, bem como a exposição dos trabalhos que serão desenvolvidos vão ser finalizados nesta e na próxima semana. A nossa equipe continua com todo o pique para continuar os trabalhos com os alunos da escola, a professora de Literatura e os alunos-oficineiros do Telinha de Cinema.
Acompanhe o blog e fique por dentro de tudo o que acontece nas oficinas de reaplicação!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Telinha de Cinema na Goiânia Mostra Curtas



Quarta (05) e quinta-feira (06) as turmas do Telinha de Cinema de Goiânia fizeram um programa diferente. Todos foram assistir à mostra de curtas goianos exibidos dentro da Goiânia Mostra Curtas (GMC), no Teatro Goiânia. O festival, que completa 11 anos de existência, traz uma vasta programação entre os dias 04 e 09 de outubro. Além da mostra de curtas produzidos em diversos estados do Brasil, a GMC inclui palestras, debates e oficinas. 

Para os alunos do Telinha de Cinema esta foi a primeira vez que conheceram um evento desta natureza. "Superou as minhas expectativas", elogiou Edmilson, aluno da Turma A. O grupinho de alunos  da Turma B, Priscila, Luciano, Keli e Amanda gostaram tanto que combinaram de comparecer na Mostrinha no domingo (09), último dia do evento. No próximo ano, o Telinha de Cinema novamente marcará presença no evento.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

2º dia de Reaplicação Escolar: Pesquisa e Criação

Alunos e equipe da Casa da Árvore engajados no processo de criação dos roteiros
Na última quinta(29), os alunos do CEM Santa Rita de Cássia que estão participando do projeto de Reaplicação Escolar deram continuidade às atividades que começaram no dia 22 de setembro.

Após a construção de um steadicam na última oficina utilizando canos pvc, serrotes, parafusos e cola, os estudantes deram início ao processo de pesquisa sobre a Literatura Barroca e de criação de roteiros para posterior gravação de vídeos. As atividades aconteceram na biblioteca do colégio, sob a orientação da educadora do projeto, Inaê Ribeiro, a professora de Literatura, Rosângela Lopes, e os alunos do Telinha de Cinema, Danilo Brian e Rodrigo Maranha.

A professora Rosângela e os alunos fazendo pesquisas na internet
A oficina começou com a divisão dos alunos em grupos em que cada um recebeu um tema dentro da Literatura Barroca: arquitetura, estilo, música e literatura. Após um breve comentário da educadora sobre as atividades que iriam ser desenvolvidas, entraram em cena os estudantes Danilo e Rodrigo mostraram aos colegas de classe o que aprenderam no projeto Restelinha, falando um pouco sobre o audiovisual e sobre o método de criação e elaboração de um roteiro, além de dicas de como fazer um roteiro simples e curto, mas que consiga passar a informação pretendida. Na sequência, a professora Rosângela abordou assuntos da Literatura Barroca para que os alunos fizessem pesquisas na internet sobre os temas.


Os grupos se reúnem na criação e elaboração dos roteiros
O surgimento de novas idéias para a criação dos roteiros partiu das pesquisas feitas pelos alunos na internet e das conversas com os dois estudantes oficineiros e a educadora do projeto. A participação da professora nesse processo foi muito importante para o desenvolvimento das atividades, pois ela deu sugestões sobre os roteiros.

Daqui a pouco a nossa equipe vai estar no CEM Santa Rita para a última oficina com os alunos. Hoje, eles vão gravar um vídeo baseado no roteiro que elaboraram na última oficina usando o steadicam que eles mesmos construíram. Tudo sob a supervisão da Inaê, do Rodrigo, do Danilo e da professora Rosângela.


Lembrando que no dia 10 acontecerá a exposição dos trabalhos finais realizados na reaplicação. A gente espera que a garotada se empenhe nas atividades de hoje e que saiam da oficina com muito aprendizado e conhecimento, além da vontade deles e da professora de unir educação e tecnologia na sala de aula.



quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Balanço do mês de setembro

Setembro foi um mês bastante produtivo para o Telinha de Cinema de Goiânia. As aulas conduzidas pelos monitores Ricardo Nogueira e Renato Naves mobilizaram as turmas A e B para diversas atividades. Os alunos puderam conhecer as etapas de produção de uma obra audiovisual, identificar a importância do som nas narrativas audiovisuais, exercitaram a imaginação para a produção de roteiros, aprenderam o que é plano, cena e sequência, estudaram sobre gêneros e formatos, os princípios da edição, assistiram a diversos filmes e experimentaram muito.

 Exercício sobre plano sequência

"É muito bom observar o desenvolvimento dos alunos. Em pouco tempo de atividade já notamos o progresso de muitos alunos", observa a coordenadora pedagógica do Telinha Goiânia, Jô Levy.  Como forma de incentivo, alguns alunos foram premiados com um pendrive. O critério para a indicação foi o comprometimento, interesse e o bom desempenho até o momento. Os alunos premiados foram: Guthierrez e Rhanier, da turma A e Augusto e Luciano, da turma B. Parabéns a todos.

Premiação - Turma B

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Laboratório Multimídia em Goiânia com a artista residente Kelly Lima[PE]

Participe da pesquisa para o desenvolvimento de projetos de instalações desenvolvidas pela artista residente Kelly Lima, em Goiânia, que acontecerá de 5 à 21 de outubro. O objetivo do laboratório é entender os processos de formação de imagem em ambientes digitais e tentar transpô-los para o mundo material, utilizando variados materiais e suportes analógicos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do projeto Restelinha.

O Circuito de Residências em Educação, Arte e Tecnologia - Restelinha - é uma linha de atuação do projeto Telinha de Cinema, dedicado a democratizar o acesso a experimentações artísticas, tecnológicas e pedagógicas.


Leia mais...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

1º dia de Reaplicação Escolar - Construção de Steadicam

A educadora Inaê ajuda uma aluna na montagem do steadicam
Danilo Brian, aluno do Telinha, ensina colega de classe.
O primeiro dia de reaplicação escolar aconteceu na quinta(22), e contou com a participação de 25 alunos do CEM Santa Rita de Cássia. A nossa equipe e os estudantes Danilo Brian e Rodrigo Maranha chegaram à escola no horário da aula de Literatura da professora Rosângela Lopes.

No primeiro dia de oficina a educadora da Ong, Inaê Ribeiro, e os dois estudantes se apresentaram para a classe e através de vídeos iniciaram as explicações sobre o projeto de reaplicação. Nesse primeiro momento os alunos puderam acompanhar o passo a passo da montagem de um steadicam artesanal, bem como a sua função de aumentar a estabilidade
da câmera de vídeo ou de um telefone celular.

Usando serrotes, cola, tubo pvc e parafusos cada aluno construi um steadicam que será usado nas oficinas seguintes para dar continuidade às atividades. A Inaê, o Danilo e Rodrigo estavam sempre dando suporte e tirando dúvidas dos alunos quanto ao processo de montage do steadicam. A professora Rosângela interagiu nas atividades e também ajudou a classe na montagem.

A professora Rosângela também ajudou os alunos na montagem
O próximo encontro  acontecerá hoje(29) à tarde, onde a professora Rosângela conduzirá uma pesquisa relacionada à Arte Barroca, por meio de música, poema, estilo e arquitetura. A partir daí, os alunos vão elaborar roteiros utilizando a prática de produção de microtextos, comum na comunicação entre os adolescentes por meio de Sms e Twitter.






segunda-feira, 26 de setembro de 2011

I Semana do Audiovisual da UEG conta com a participação da Ong Casa da Árvore

A Casa da Árvore vai participar da I Semana do Audiovisual (SAU) da Universidade Estadual de Goiás, que acontecerá entre 27 e 30 de setembro, na Unidade Universitária da UEG de Goiânia - Laranjeiras.

Nos dias 28 e 30 a Ong realizará uma oficina de "Vídeo On-line", uma experiência com ferramentas de transmissão ao vivo com o uso de telefones celulares. As oficinas acontecem das 9 às 12 da manhã.

A programação da Semana do Audiovisual, realizada pelo curso de Comunicação Social/Audiovisual da UEG, visa colocar em pauta a relação entre o audiovisual e as novas mídias, bem como questões de identidade/alteridade na comunicação audiovisual e políticas públicas para o segmento. Haverá ainda minicursos e oficinas, palestras, mesa-redonda, lançamento literário, debates, mostra de vídeo (competitiva e não competitiva) e apresentação de artigo científico de estudantes, pesquisadores e profissionais atuantes nas diversas habilitações da Comunicação Social.

Para mais informações sobre a I Semana do Audiovisual, acesse: www.audiovisual.ueg.br/sau 
Ou confira a programação aqui.

Os interessados em participar do evento ainda poderão se inscrever na secretaria da SAU, que funcionará no primeiro dia (27) no período noturno e, nos demais dias de programação, pela manhã e à tarde.


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Aula sobre Literatura Barroca une arte e tecnologia em escola da rede pública de Palmas


Uma aula diferente de Literatura Barroca no CEM Santa Rita
Hoje à tarde os estudantes Danilo Brian e Rodrigo Maranha, juntamente com a professora de Literatura, Rosângela Lopes e a educadora Inaê Ribeiro da Ong Casa da Árvore ensinarão Literatura Barroca de um jeito bem diferente. 

No período de 22 de setembro à 10 de outubro, os dois estudantes realizarão quatro oficinas em uma turma de 25 alunos do CEM Santa Rita de Cássia que aprenderão o conteúdo curricular através da arte e da tecnologia.  Questionada sobre as oficinas de Reaplicação Escolar, a professora espera que os alunos consigam interagir nas atividades e que novas ideias surjam dentro da sala de aula.                   

                                           
Educadora, professora e aluno prontos para a Reaplicação Escolar
Os estudantes responsáveis pela Reaplicação Escolar fazem parte do projeto Telinha de Cinema, realizado pela Ong Casa da Árvore em parceria com a Vivo e a Petrobras. No semestre passado eles participaram da Residências Artística "Experimentos", com o espanhol Nacho Durán, onde experimentaram vários meios de expressão através da imagem, vídeo e áudio. Agora vão utilizar algumas técnicas que aprenderam para ajudar a sua professora a dar uma aula de literatura usando a tecnologia e a criatividade dos colegas de classe.

"O que me chamou a atenção neste projeto foi a incorporação das tecnologias na sala de aula. Isso faz com que os alunos saiam da rotina com uma aula diferente. Além dos alunos aprenderem, eu também aprendo.",  explicou a professora Rosângela Lopes.

Nas oficinas os alunos aprenderão a construir um steadicam que é um acessório que aumentar a estabilidade da câmera de vídeo ou mesmo de um telefone celular durande uma gravação de vídeo, a criar roteiros relacionados à Arte Barroca por meio de microtextos e a produzir vídeos com a utilização do steadicam construído por eles mesmos.




quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Escute esta história

Nesta semana os alunos do Telinha de Cinema de Goiânia fizeram atividades de percepção sonora. O tema o som no audiovisual tem por objetivo "levar os alunos a conhecer a importância do som nas narrativas audiovisuais", observa o monitor Ricardo Nogueira. Algumas das atividades propostas consistiu em exibir cenas de vídeo sem o áudio ou ouvir cenas de filmes sem imagens para que os alunos pudessem identificar como o som e a imagem são recursos complementares na narração audiovisual.


A história do som no cinema também foi abordada e o aluno Rhanier Silva Valadão, de 15 anos, disse que gostou de saber como são produzidos os efeitos sonoros dos filmes. O momento mais divertido da aula ficou por conta das radionovelas que os alunos produziram. As radionovelas foram apresentadas ao vivo. Cada grupo que se apresentou foi apenas ouvido, já que toda a turma ficava de costas para o grupo que estava apresentando no momento. Desse modo, cada apresentação tinha que caprichar nos diálogos e efeitos sonoros para que o "público" pudesse viajar nas tramas ou, claro, morrer de rir. O aluno Danilo Marques, de 14 anos, disse que gostou de conhecer um pouco sobre as radionovelas, "além de poder desenvolver uma história e apresentá-la aos outros", completa.

domingo, 11 de setembro de 2011

Sessão de cinema na Casa da Árvore

Alunos do Telinha se divertem com os vídeos da semana de oficinas
A Casa da Árvore recebeu sábado passado(3), pais de alunos e alunos de Palmas, para um sessão de cineminha com os vídeos produzidos durante a semana de oficinas do Telinha de Cinema. Foram 15 vídeos produzidos pelos alunos na semana de abertura das atividades do segundo semestre de 2011 e a nossa equipe viu muitos trabalhos interessantes surgirem durante esse primeiro contato dos estudantes com o audiovisual. Interessantes também foram os títulos inusitados de músicas de algumas bandas tocantinenses, escolhidos pela equipe da Ong para a elaboração dos roteiros por parte dos grupos. As bandas homenageadas foram:

- Centavos, com a música Cicatrizes;
- Engenho Novo, com as músicas Gato no teto, Havaianas 36 e Amuleto;
- La Cecilia, com a música Armadura Vulnerável;
- Mata Burro, com a música Calango Sobrevivente;
- Poetas do Caos, com as músicas Homem e Morte súbita;
- Super Noise, com as músicas Quase irmãos, A novata e A culpa é nossa.

 
Alguns vídeos já estão no canal da Ong, no Youtube e os links estão aqui embaixo. Por isso, pegue a pipoca e o guaraná e se divirta assistindo às produções realizadas pelos alunos do Telinha de Cinema!


quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Segundo dia de oficina do Telinha em Palmas

Chegou a hora dos alunos transformarem os roteiros do Curso de vídeo de bolso em realidade. A turma da manhã do Telinha de Cinema realizou as gravações dos vídeos hoje, com o suporte da equipe da Casa da Árvore. Antes dos estudantes saírem pelos espaços para a produção dos vídeos a equipe deu instruções sobre as filmagens, o manuseio da câmera do celular e mostrou um vídeo sobre os tipos de planos nas gravações. Na sexta (2), os alunos deverão editar o material gravado e, assim, finalizar os vídeos.
 No vídeo abaixo, um dos grupos fala sobre o roteiro e  a gravação que fizeram pela manhã.




video






terça-feira, 30 de agosto de 2011

Primeiro dia de oficina em Goiânia

A oficina inaugural do curso de vídeo de bolso do Telinha de Cinema de Goiânia começou nesta terça-feira(30). O que é audiovisual e quais as etapas para a produção de um vídeo foram alguns dos assuntos abordados, em seguida a turma foi dividida em grupos para a produção do roteiro. "Drogas" foi o tema escolhido pela turma. A gravação dos vídeos está agendada para a próxima quinta-feira. Em Goiânia serão duas turmas no período vespertino e uma nova turma será recebida nesta quarta-feira (31).

O objetivo da oficina inaugural é oferecer aos alunos um primeiro contato com o projeto Telinha de Cinema e possibilitar uma breve experimentação na realização de vídeos. O curso de vídeo de bolso, propriamente dito, começo na próxima segunda-feira, dia 05 de setembro.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Primeiro dia de oficina do Telinha de Cinema em Palmas

Os estudantes lotaram a sala do espaço Casa da Árvore
O dia começou agitado aqui na Casa da Árvore!  Só pela manhã tivemos 60 inscritos no projeto Telinha de Cinema! Nosso espaço está lotado de estudantes querendo aprender mais sobre os processos de produção de um vídeo.

Os educadores Inaê Ribeiro e Daniel Silva começaram o primeiro dia da oficina apresentando o projeto, a função de cada um aqui na Casa da Árvore e porque eles trabalham na Ong. Em seguida, chegou a vez dos alunos se apresentarem: um a um eles falaram o nome, a idade e porque quiseram participar do projeto.

A equipe passou pelos grupos para tirar dúvidas e discutir sobre as ideias  
Após as apresentações, a equipe mostrou um vídeo bem divertido sobre as etapas de produção, em que era explicado de forma simples a elaboração do roteiro, a divisão de tarefas de cada um, a gravação das cenas e do áudio, a escolha do figurino, a edição das cenas, etc. Depois de assistirem ao vídeo, a equipe dividiu os alunos em grupos de sete e distribuíram temas entre eles para que começassem o trabalho de elaboração do roteiro. Os grupos se dispersaram pelo nosso espaço e começaram a discutir as ideias para colocá-las no papel. Ao passar pelos grupos para dar suporte no processo de roteirização, a equipe se deparou com muitas ideias interessantes, as quais os alunos colocarão em prática na próxima aula. 
Agora é esperar pra ver a continuação desse trabalho na quarta (31), em que os alunos vão começar a filmar e a executar o que escreveram no papel. 

nossos visitantes