Pesquisar no Blog

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

“Todas as Línguas” vence 1º. Fest Cine Maracanaú


Mais uma vez as produções audiovisuais realizadas dentro do Telinha de Cinema ganham destaque em eventos internacional de cinema e novas tecnologias. O micrometragem “Todas as Línguas” (doc, 2008) dirigido por Merck Miranda ganhou o prêmio de Melhor Produção em Novas Mídas no 1º. Fest Cine Maracanaú, realizado em Maracanaú-CE na última semana. O vídeo, que faz um reflexão sensível sobre a diversidade e tolerância religiosa, já foi premiado em outros festivais como o Chico – Festival de Cinema e Vídeo de Palmas. (confira lista de premiados).

O festival, pioneiro no Estado do Ceará, já se apresenta como um novo destino para as produções do Audiovisual nacional e internacional. Com 19 anos, a jovem diretora Merck Miranda, chegou a poucos dias da cidade cearense com o troféu e novas experiências na bagagem. “É realmente muito gratificante a gente poder conhecer novos lugares, novas pessoas, novos artistas, tudo isso através do reconhecimento do trabalho que fazemos coletivamente aqui no Telinha de Cinema em Palmas”, destaca a diretora.



O I Festcine Maracanaú é realizado pela Abraham Filmes Digitais e co-produzido pela Mungango Produções, sob a direção geral de Afonso Celso e produção executiva de Erivaldo Casimiro. Patrocínio da Coelce, Banco do Nordeste, Vivo Empresas, Logos Soluções. Parceria do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura (Secult). Apoio cultural, Porto da Aldeia e Ceará Segurança. Apoio institucional do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, Prefeitura Municipal de Maracanaú, Fundação Cultural de Maracanaú e Governo Federal.



O festival, objetiva além de incentivar a produção de audiovisual, promover a democratização e o acesso à Cultura. Assim, a programação contou com seminários internacionais focando a comercialização e produção em mídias digitais que serão ministrados por Catalina Horta del Picó, produtora executiva, diretora da Escola de Comunicação Audiovisual Digital da Universidade Santo Tomás Talca, do Chile e ex-produtora executiva da Time For Fun - T4F, responsável pela vinda do Cirque du Soleil ao Brasil em 2009; e Francisco Inostroza Lara, comunicador audiovisual, diretor de Cinema, professor de Comunicação Audiovisual Digital da Universidade Santo Tomás Talca, do Chile e diretor do curta El Circo, De La Luces.

(com informações da assessoria de comunicação do FestCine Maracanaú)










quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Formatura das turmas de 2010 reuni comunidade nesta sexta

        Filmes produzidos com diretores convidados são um dos destaques da noite encerramento. 

No próximo dia 17 (sexta) o Espaço Telinha, sede dos projetos de arte e tecnologia da ONG Casa da Árvore, no Jardim Aureny I, transformará em uma grande sala de cinema popular. Para receber a comunidade, professores e alunos dos cursos oferecidos estão organizando uma grande sessão gratuita de cinema, a partir das 19h30. Na tela, histórias criadas e contadas por crianças e adolescentes das comunidades Jardim Aureny I, II, III, IV e Taquaralto, que fazem parte dos projetos de educação e arte digital da Casa da Árvore.

A abertura começa às 19h30 com a exibição da série de vídeo adaptações de obras da literatura infanto–juvenil realizadas por crianças do projeto “E se eu fosse o autor?”. Logo em seguida os cineastas tocantinenses, Caio Brettas, Alan Russel e Natália Ferraciolli, apresentam o resultado das três co-produções realizadas com os alunos do projeto Telinha de Cinema no mês de novembro e dezembro. A noite segue com uma seleção de micrometragens produzidas pelos alunos do curso de vídeo de bolso. Os trabalhos são o resultado das experimentações artísticas em diversos gêneros como ficção, documentário, animações e videoremix.

A noite termina com a estréia do documentário “Cinema de Bolso”, de Alan Russel, resultado do programa Nós na Tela. O filme propõe uma reflexão sobre os impactos do conhecimento artístico e tecnológico no projeto de vida de jovens da periferia de Palmas. Para isso o filme segue itinerários de vidas que passam pelo universo do projeto Telinha de Cinema.

Vários vídeos previstos no programa da noite foram exibidos ao longo do ano em diversos festivais e mostras nacionais e internacionais de cinema, como o 21º Festival Internacional de Curtas de São Paulo (SP) e o Festival do Rio 2010 (RJ). No Tocantins as produções do Telinha foram premiadas no 9º. Chico – Festival de Cinema e Vídeo de Palmas, no 5º. Miragem – Festival de Miracema e no Festival de Cinema de Paraíso.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Últimos dias do 5º. Miragem – 3 vídeos do Telinha participam da mostra


Os vídeos “A confissão de Bill”, ”Amor a três” e “O casal e a moto do futuro” estão na programação das mostras competitivas do Miragem 2010 – 5ª. Mostra de Cinema e Vídeo de Miracema. O festival começou no último dia 1º. E vai até sábado (4) com exibições itinerantes nas cidades de Miracema, Miranorte e Paraíso. Já em Palmas, Gurupí, Paraíso e Tocantínia haverá exibições simultâneas de curtas.
Nesta edição foram inscritos 137 filmes produzidos em diversas regiões do país, 61 curtas foram selecionados para as categorias competitivas e 01 para a Mostra Especial. Na sua 5ª. edição a mostra assume uma nova proposta, no Tocantins, de divulgação do produto audiovisual brasileiro, em especial o curta-metragem, formato cinematográfico conhecido por sua ousadia, originalidade e experimentação de linguagem.
Tais parcerias propiciaram a estas belíssimas obras chegarem ao grande público, assumindo uma postura de mostra itinerante, e assim, tornar viável a sua realização diante da escassez de recursos públicos aos festivais de cinema em nosso Estado.

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI
Assista aos vt's do Miragem 2010


sábado, 20 de novembro de 2010

Roda de Conversa c/ Marcelo Brasil e Joaquim Maia


Durante esta semana que passou nossa equipe do Circuito Telinha na Escola esteve em Belém - PA, realizando mais uma oficina do projeto. Desta vez reunimos estudantes de Comunicação Social, além de professores e estudantes do curso de letras. A oficina integrou o projeto UFPA 2.0 e movimentou o Centro de Convenções da Universidade. Ao final da semana o monitor Aluísio Cavalcante bateu um papo sobre educação, tecnologia e arte com os professores do curso de letras, Marcelo Brasil e Joaquim Maia.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O CHICO é nosso !!!!!!!!!!!

 
Comemoração em família do primeiro prêmio
dos jovens realizadores Igor e Anderson

  O prêmio de melhor vídeo na categoria Pocket Movies da 9ª. edição do do Chico – Festival de Cinema e Vídeo de Palmas foi para “Movimento Junino”, dirigido por Igor Lourenço, Evandro Junior, Anderson Dias, alunos e ex-alunos do projeto Telinha de Cinema. A família de Igor acompanhou de perto a solenidade de premiação e não conteve a emoção quando o cerimonial divulgou o vídeo dos meninos como o melhor da sua categoria. “Eu jamais iria imaginar que esse reconhecimento viria de forma tão rápida”, revela José Luis da Cunha Filho, pai de Igor, adiantando que vai sugerir para o filho a realização de um documentário sobre a vida dos ribeirinhos do rio Tocantins.

O terceiro lugar também foi para jovens realizadores do Telinha. Com o vídeo “Esporte: amor X financeiro”, Melissa Dias e Maysa Leite também foram destaque no festival. A votação aconteceu através da internet e no local de exibição. (confira o resultado on line). A mostra de Pocket Movie contou ainda com outros 5 vídeos produzidos pela galera do Telinha.

O evento também contou com a oficina “Fábrica de Criaturas Bizarras” , realizada pelos artistas Erick Góes e Merck Miranda, da equipe do projeto Telinha Animada.

Em três dias de festival, de 30 de outubro a 1º de novembro, o Chico – Festival de Cinema de Palmas reuniu público superior a 800 pessoas. O grande público, além de reafirmar a importância do festival na formação de platéia para produções independentes e de formato curta metragem, serviu também de aclamação para os vencedores da mostra competitiva.

Na 9ª edição do festival Chico, também sagraram-se vencedoras as produções tocantinenses João Solidão (Júri Oficial), de André Araújo e Tempos Difíceis (Júri Popular), de Caio Bretas. Receberam também o Troféu Chico 2010 os filmes brasileiros Vela ao Crucificado (Júri Oficial), filme do Maranhão, dirigido por Frederico Machado; e Cortejo Negro (Menção Honrosa), filme do Rio Grande do Sul, dirigido por Diego Muller.

O festival Chico é uma realização do CIM - Centro de Imagem e Som. Em sua 9ª edição teve também como realizadores o Canto das Artes e Publicult, como parceiros o Sesc Tocantins e ONG Casa da Árvore e como apoiadores a UFT – Universidade Federal Tocantins, GM Viagens, Vivo e Dap2Web.

(com informações da Assessoria de Comunicação do CHICO)

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Mais um prêmio para os alunos do Telinha de Cinema

                              















Anualmente o colégio CEM Santa Rita, escola parceira do Telinha, realiza a Semana de Educação para o trânsito. Uma iniciativa dos professores e coordenadores que visa proporcionar aos alunos maior conhecimento sobre os perigos do trânsito e a responsabilidade do condutor com os outros cidadãos.
Dentro do evento é realizado um concurso interno de videos com a temática do trânsito. E mais uma vez este ano o primeiro lugar foi para um aluno do Telinha. Ou melhor, uma aluna. Luanna Carolina levou o prêmio com o filme "25 segundos",  a obra alerta o espectador sobre a importância das leis de trânsito para conter a violência dos acidentes na capital. E o terceiro lugar também ficou com a ex-aluna Melissa Dias, que realizou sua produção com o apoio do Telinha de Cinema. Os prêmios foram pen-drives de dois gigas para primeiro, segundo e terceiro lugar.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Petrobras aprova Telinha de Cinema como projeto nacional

Jovens da periferia de Palmas reconstroem suas vidas com arte, educação e tecnologia.
A Seleção Pública do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania contemplou o projeto Telinha de Cinema como um dos dois projetos de abrangência nacional. O anúncio dos selecionados aconteceu ontem (25) na sede da ONG AfroReagge, em Vigário geral, Rio de Janeiro-RJ. Com o patrocínio da estatal e do Instituto Vivo, a iniciativa será ampliada nos próximos dois anos. Com a parceria da Universidade Federal do Tocantins e a Universidade do Estado de Goiás, o Telinha ganha novos desdobramentos, levando práticas e reflexões sobre educação e arte digital para comunidades goianas e tocantinenses. “O Tocantins está fazendo sua parte para o desenvolvimento social do país e é fantástico ver que o interior do Brasil está a cada dia trazendo respostas práticas, eficientes e inovadoras para problemas sociais que dificultam o crescimento da nação”, reflete Aluísio Cavalcante, presidente da Casa da Árvore Projetos Sociais.

A partir de 2011 o Telinha de Cinema contará também com um circuito de residência artísticas, onde artistas digitais de todo o Brasil serão selecionados através de edital público para desenvolverem atividades de produção artística colaborativa nos núcleos comunitários do projeto, além de palestras e mini-cursos sobre educação, arte e novas tecnologias junto com as duas universidades parceiras. Em dois anos projeto buscará atender 1440 adolescentes de 15 a 17 anos e 640 jovens de 18 a 29 anos. “Com o reforço da Petrobrás e das duas Universidades nós vamos ampliar nossa equipe de educadores e artistas dedicados ao projeto e com isso ampliar as experiências de vida de quase dois mil jovens de duas regiões brasileiras”, comemora Leila Dias, responsável técnica pelo projeto.

O Tocantins teve ainda outros dois projetos selecionados. O Centro de Capacitação de Jovens da Agricultura Familiar, proposto pela COMSAÚDE, que atenderá a 350 jovens da região de Porto Nacional, e Beneficiamento de frutos do Cerrado e artesanato para geração de renda do povo Xerente, elaborado pela Associação Indígena Akwe.

Ao todo 113 projetos sociais dos 5.183 projetos inscritos foram selecionados. O investimento será de R$ 110 milhões no período de dois anos, em projetos voltados para Geração de Renda e Oportunidade de Trabalho, Educação para a Qualificação Profissional e Garantia dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. Esta nova edição do Programa nos consolida como a maior empresa patrocinadora de projetos sociais do Brasil.

A distribuição territorial dos projetos contemplou mais de 450 municípios em todos os estados brasileiros. A Região Norte terá 14 projetos patrocinados, com recursos de R$ 13,1 milhões. O Nordeste terá 40 projetos, que receberão R$ 40,4 milhões. No Centro Oeste, os 8 projetos selecionados obterão R$ 9,1 milhões. No Sudeste, são 31 projetos, com recursos de R$ 31,8 milhões. Os 16 projetos da Região Sul receberão R$ 11,2 milhões. Além destes, os 4 projetos com abrangência regional e nacional receberão recursos de R$ 3,9 milhões.

Veja a lista completa de projetos selecionados no site do Programa: http://www.petrobras.com.br/desenvolvimentoecidadania.

(com informações da Ascom Petrobras)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Ex-alunas do Telinha tem projetos contemplados pelo Mais Cultura


Warlla Christye e Mercky Miranda tiveram suas propostas de arte-educação contempladas pelo edital para o Programa Mais Cultura de Apoio a Microprojetos Amazônia Legal. Nossas arte-educadoras vão desenvolver oficinas nos municípios tocantinenses de Pau D’arco e Aparecida do Rio Negro durante o ano de 2011. Depois de destacaram-se no projeto Telinha de Cinema, tendo os filmes que dirigiram e produziram nos cursos da Casa da Árvore participado de vários festivais, as meninas agora vão multiplicar o conhecimento adquirido em localidades onde a inclusão digital e a produção audiovisual precisam ser inseridas.

“O fato de ter sido aluna do projeto influenciou bastante na questão de formar meu aprendizado, foi através do projeto que busquei me aprimorar em edição e redes sociais. Com isso vi que poderia ser também uma multiplicadora de conhecimento e passar para outras pessoas o que eu aprendi com o projeto e o que eu desenvolvi por conta própria”, diz Warlla. O projeto dela tem o objetivo de trabalhar com jovens de 17 a 29 anos, durante quatro meses, as técnicas de audiovisual para desenvolverem jornal on-line e vídeos informativos para internet, por meio da elaboração de textos jornalísticos e da produção e edição de imagens. Em seguida, ela ministrará oficinas de criação e uso de redes sociais, abrangindo as plataformas ning, blogger, wordpress, twitter e facebook.

O projeto da Mercky tem o objetivo de capacitar jovens de 17 a 29 anos para que entendam a linguagem do cinema, seus elementos e instrumentos, e possam expressar suas idéias e desenvolver a criação coletiva para a realização de curtas metragens. O resultado final do projeto será apresentar em praça pública, aberto a toda comunidade da cidade, uma mostra de curtas com os vídeos produzidos pelos alunos. “Resolvemos passar adiante tudo o que aprendemos no Telinha de Cinema. Como eu gosto mais de cinema e a Warlla de redes sociais, pensamos em dois projetos. Fomos amadurecendo a idéia, pedimos ajuda ao Aluísio (Presidente da Casa da Árvore) e ele, de cara, adorou as idéias. Aí ele e a Warlla fizeram juntos um micro-projeto e depois a Warlla me passou o que tinha aprendido”.

“Com as oficinas, a comunidade poderá criar uma rede de pessoas dedicadas a e experimentar novos processos educativos na sociedade em rede. É preciso intensificar o senso crítico das pessoas para que se percebam autônomas em relação ao processo de construção do conhecimento”, sintetiza Warlla. Mercky, por sua vez, finaliza: “Espero que assim como eu me apaixonei pelo audiovisual depois de ter feito os cursos da ONG, os meus alunos de Aparecida também gostem da arte e até pensem nela como uma profissão no futuro”.

Atualmente Merck e Warlla integram a equipe de desenvolvedores de jogos educativos e cinema de animação Telinha Animada, uma parceria do GEDJA e da Casa da Árvore. Merck é responsável pelas dinâmicas envolvendo edição no projeto “E seu eu fosse o autor? “, uma parceria da ONG com o Instituto EDP. Já Warlla embarca na próxima semana para Porto Velho – RO, onde vai coordenar as atividades de produção do projeto Telinha na Escola, uma parceria da Casa da Árvore com o Instituto Vivo e o Governo do Estado de Rondônia.

Telinha de Cinema recebe turma de teatro da UnB


do blog Aluno Telinha

Dia 30 glorioso, pelo periodo da tarde recebemos aqui em nosso espaço os alunos da faculdade UnB, onde houve uma grande roda para discutirmos algumas questões e conversarmos um pouco sobre cada instituição aqui representada, com o Prof: Ferdinando os alunos da faculdade conheceram nosso espaço e sobre a Ong, da mesma forma pela Prof: Sandra Neves nós alunos do projeto telinha conhecemos um pouco mais sobre o curso de teatro e sobre a forma com que eles vem trabalhando. LEIA MAIS

AluNa veNCedoRa


"Há uns quatro meses atrás participei da olimpíada de saúde e meio ambiente, e produzi um audiovisual com mais quatro alunos do colégio onde estudo. Resolvemos então falar de um assunto muito grave e que nós que geramos ele: a poluição. Reunimos fotos, vídeos e entrevistas e montamos o video, no qual exigiu muita dedicação e esforço. Ontem a minha professora orientadora recebeu a ligação dos organizadores da olimpíada, que disseram ter ganho a etapa regional centro-oeste. A professora me comunicou o mais rápido possível. Ficamos muito felizes com a conquista e em outubro eu e minha professora viajaremos rumo ao Rio de Janeiro, para concorrer a etapa nacional.

Mas antes de tudo, deixo bem claro: Eu nunca conseguiria isso se não tivesse feito o curso telinha de cinema. Foi uma experiência incrível, na qual aprendi muito e hoje pratico o que aprendi realizando audiovisuais para concursos, e este, foi apenas um que venci...mas ganharei mais, devido à minha participação no projeto telinha de cinema. Estes resultados se devem à dedicação no projeto. Não aprendi apenas como fazer um vídeo através de um aparelho celular, mas também a saber usar a tecnologia como forma de aprendizado e oportunidade".

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Cine sesc


Em parceria com o SESC Tocantins, através do promotor de cultura Werten Nunes, os alunos do curso Telinha de cinema foram ao primeiro passeio cultural do semestre, tendo contato com o cinema francês através do filme “A liberdade é azul” que compõe a clássica produção européia “A trilogia das cores” do polonês Krzysztof Kieślowski.

O objetivo do passeio é proporcionar aos alunos um modo diferente de fazer cinema. Com foco em fotografia e desenvolvimento experimental do roteiro, o filme foge aos padrões de cinema de efeitos especiais e do clássico roteiro mocinha-vilão-bandido.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Telinha de Cinema pode ir para FSM em Dakar 2011

O projeto é finalista do Concurso Aprender e Ensinar Tecnologias Sociais, promovido pela FBB e Revista Fórum

O Concurso Aprender e Ensinar Tecnologias Sociais recebeu mais de 3.000 inscrições e visa reconhecer iniciativas que dialogue com a rede pública de ensino. O projeto Telinha de Cinema, desenvolvido pela ONG tocantinense Casa da Árvore em parceria com o Instituto Vivo, foi selecionado junto com outros 9 projetos da região Norte do Brasil. Ao todo 50 finalistas irão se reunir para debater sobre o desenvolvimento sustentável e tecnologias sociais dentro das escolas em Brasília-DF nos dias 10 e 11 de setembro. Os finalistas concorrerão a uma viagem ao Fórum Social Mundial 2011, em Dacar, no Senegal.

Há quase 4 anos o Telinha de Cinema vem oportunizando a jovens estudantes da rede pública de Palmas-TO a construção coletiva de conhecimento artístico e tecnológico através da produção de vídeos com uso de telefones celular, redes sociais e outras tecnologias de informação, comunicação e mobilidade. Mais de 300 jovens já passaram pelo Espaço Telinha, localizado no Jardim Aureny I, região sul da capital tocantinense. Além de produzirem seus próprios filmes, estes estudantes levaram estas práticas para dentro de suas escolas (cerca de 7 da região dos Aureny’s e Taquaralto) e incentivando a criação de novas formas de construir conhecimento.

O Concurso Aprender e Ensinar Tecnologias visa incentivar a apropriação da escola como espaço ideal de discussão e desenvolvimento de toda uma localidade, com destacou o presidente da FBB, Jorge Streit: “incentivar o envolvimento de professores, alunos, pais e a comunidade em ações que possam promover emprego e renda, garantir a permanência dos alunos na escola e a preservação ambiental sustentável, de tal modo, que essas ações possam ser reaplicadas em outros lugares” conclui.

Os vencedores da edição 2009 estiveram no Fórum Social Mundial deste ano, em Porto Alegre/ RS, onde acompanham o lançamento da edição 2010 e apresentaram a iniciativa da sua região, além de participar de uma oficina sobre Tecnologias Sociais na escola.  (com informações da Assessoria do evento).

sábado, 4 de setembro de 2010

Aberto o canal Telinha Recife no Youtube




A galera de Recife - PE, que começou o projeto Telinha na Escola neste semestre, já tem trabalho para mostrar. Os vídeos já estão disponíveis para quem quiser pelo canal Telinha Recife, no Youtube. As produções são resultado das primeiras oficinas, com professores e alunos da quinta série da Escola Municipal Padre Henrique.

Quem quiser pode acompanhar a produção dessa garotada pelo blog Telinha na Escola - Recife. Lá você pode conferir ainda, as primeiras experiências dessa galera na produção de roteiros, além de fotos de making off.

Não deixem de conferir também a produção da galera de Porto Velho - RO, onde jovens das escolas estaduais Osvaldo Pianna, Rio Branco e Flora Calheiros também estão aprendendo a produzir seus próprios vídeos. O vídeos estão disponíveis no canal Telinha na Escola RO. Para acompanhar o dia a dia desta galera de Porto Velho, é só acessar o blog Telinha na Escola Rondônia.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Interação e descobertas no Festival Internacional de Curta de SP



Depois de participar como representante do vídeo "Bulling" de Warlla Cristy, no Festival Internacional de Curta Metragens de São Paulo,  a colaboradora Isabela Reis deixou um recado para todos: 

"Esse ano tive a honra de representar o vídeo "Bulling" de Warlla Christy, ex-aluna do projeto Telinha de Cinema, projeto pelo qual tenho o maior carinho, na 21 edição do Festival Internacional de Curta Metragens de São Paulo. Apesar do pouco tempo que tive, pude acompanhar no sábado o debate da Mesa 1 com o tema "Vídeo popular anos 1970 e vídeo popular anos 2000"  e logo após, uma sessão com curtas de diversos projetos sociais de várias partes do Brasil, o momento foi bom para apresentar o projeto do Telinha para alguns coletivos que estavam presentes.

No domingo acompanhei a Mesa 2 com o tema " O “boom” dos projetos de exibição: uma retomada do cineclubismo?", apesar do público não ter comparecido em peso, pude conhecer um trabalho bastante interessante de Hermano Figueiredo, o "Acenda uma Vela", projeto que acontece em diversos estados do Nordeste. Tudo isso aconteceu na sala de cinema do Cine Olido, no centro de São Paulo. Espero que as produções do Telinha aumentem para no ano que vem estarmos aqui novamente!!"

Isabela Reis é formada em cinema, produtora cultural do Grupo Pensar e colabora da Casa da Árvore Projetos Sociais.

"Dois Caras" é destaque no 1° Festival de Cinema de Paraíso

O Festival de Cinema de Paraíso, cidade a  70 km de Palmas - TO, fez bonito na sua primeira edição. Apresentou ao público a diversidade da produção cinematográfica contemporânea tocantinense, brasileira e até de outros países.

Com um espaço rico e ousado de intercâmbio, de encontros e diálogos, promovido entre os dias 26 e 28 de agosto, trouxe novas revelações da produção local e interessantes produções de outras paragens.

O vídeo "Dois Caras" (assista aqui) , dirigido por André Araújo e Leila Dias, da equipe do Telinha de Cinema, ficou em segundo lugar na categoria curta metragem, vencida pela produção amazonense "Meneruá - A morada do sol", dirigida por Orange Cavalcante da Silva.

Mais uma vez, parabéns para a galera que se empenhou para organizar o Festival, parabéns para o público de Paraíso e para todos os que enviaram trabalhos para o concurso. Não deixem de conferir os demais premiados acessando aqui.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Blog's destaque da semana




Dois blogs criados por jovens que já passaram pelo projeto Telinha de Cinema (e que na verdade ainda continuam circulando pelo Espaço Telinha) são os destaques desta semana.
Iniciado Warlla Christye, o Aluno Telinha foi criado com o objetivo de aproximar todos aqueles que participam ou já participaram do projeto de vídeo de bolso.

Através do diário eletrônico os jovens aprendizes cineastas discutem temas e abordagens para seus trabalhos, ficam por dentro das notícias culturais, tecnológicas, sociais e artísticas de Palmas e de várias outras paragens. Pelo blog você pode acompanhar e assinar feed RSS de vários outros sites interessantes.



Outro destaque vai para o blog Galeria das Idéias, criado pela jovem Mariana Borges, que junto com sua irmã, Isabel Borges, tiveram uma passagem marcante pelo Telinha de Cinema nos anos de 2008 e 2009.

Com um conteúdo voltado mais para comportamento, o diário traz reflexões do universo jovens, as descobertas e os conflitos, tudo em textos leves e bem humorados. O blog traz várias enquetes sobre assuntos que vão desde a escola e as redes sociais,  até eleições presidenciais.

Na semana que vem traremos aqui outros destaques, outras produções realizadas por estes jovens inteligentes e antenados.
Não deixem de conferir. Acessem, leiam, comentem e sigam essa galera que sabe o que diz. 

Festival "Nueva Mirada"recebe oficina do Telinha



No próximo dia 3 de setembro a equipe de educadores da Casa da Árvore formada por Aluísio Cavalcante, Leila Dias, e pelo convidado espanhol Nacho Duran, desembarca na capital da argentina, Buenos Aires, onde participam do 8º. Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”para Crianças e Jovens. A ONG tocantinense, que já desenvolve projetos em diversos Estados brasileiros, e realiza - rá uma oficina do Circuito Telinha na Escola durante o evento.

A oficina será realizada para jovens com idade entre 13 e 18 anos, estudantes de escolas públicas de Buenos Aires e outros convidados. Na ocasião eles terão a oportunidade de produzir seus próprios filmes utilizando telefones celulares em diversas etapas, da produção à difusão. “A idéia é estimular estas crianças e adolescente a contarem suas próprias histórias através deste novo jeito de fazer cinema”, ressalta Leila Dias, coordenadora do projeto Telinha de Cinema. LEIA MAIS

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Professores de Aracaju recebem oficina Telinha na Escola


A exemplo do que aconteceu em Salvador, Goiânia e em várias cidades do interior do Tocantins, 20 professores de escolas da rede pública de Aracajú, de diversas disciplinas, juntamente com técnicos formadores do Núcleo de Tecnologia de Educação da capital sergipana, vão participar de 24 a 27 de agosto, de uma oficina para produção de vídeo de bolso A atividade faz parte do Circuito Telinha na Escola, um projeto da ONG Casa da Árvore Projetos Sociais em parceria com a Fundação Banco do Brasil, Instituto Vivo e a Secretaria Municipal de Educação de Aracajú. LEIA MAIS.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Gratas surpresas - primeiros vídeos das novas turmas

"O Presente Surpresa" - vídeo de estréia da nova turma do Telinha de Cinema

Em tempo recorde, apenas três dias, 43 jovens estudantes da rede pública de Palmas, que acabaram de ingressar no Telinha de Cinema, produziram uma série de sete vídeos, micrometragens, produzidos com telefones celulares.
Os temas foram os mais variados. Todos participaram das etapas de produção e puderam experimentar toda a magia da sétima arte aplicada às novas tecnologias. O objetivo da oficina era contagiar os jovens aprendizes e mostrar tudo que eles vão estudar com mais profundidade durante o semestre inteiro no curso de vídeo de bolso.
A oficina contou com a participação de profissionais de comunicação como Juliane Almeida e Camila Santos, além dos colegas estudantes da UFT Giovana, Lauro, Thu. Todos dedicados a conhecer um pouco mais sobre a metodologia do projeto e em tornar-se um colaborador da ong Casa da Árvore.
Na ocasião os estudantes de cinema da Universidade Federal de Pernambuco, Larissa Cavalcanti e Gabriel Muniz, integrantes da equipe do projeto Telinha na Escola em Recife-PE, ajudaram a planejar e a executar a oficina em Palmas. O intercâmbio foi proposto pela ong para formar os universitários para que possam desempenhar o papel de facilitador na capital pernambucana.
Contudo, a nova turma do Telinha de Cinema está de parabéns! Todos muito dedicados, talentosos e gente fina. Logo mais todos os vídeos estarão postados aqui no nosso blog.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Festival Internacional “Nueva Mirada” recebe oficina Telinha de Cinema




No próximo dia 3 de setembro a equipe de educadores da Casa da Árvore formada por Aluísio Cavalcante, Leila Dias, e pelo convidado pernambucano Txai Ferraz, desembarca na capital da argentina, Buenos Aires, onde participam do 8º. Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”para Crianças e Jovens. A ONG tocantinense, que já desenvolve projetos em diversos Estados brasileiros, e realiza - rá uma oficina durante o evento.

A oficina será realizada para jovens com idade entre 13 e 18 anos, estudantes de escolas públicas de Buenos Aires e outros convidados. Na ocasião eles terão a oportunidade de produzir seus próprios filmes utilizando telefones celulares em diversas etapas, da produção à difusão. “A idéia é estimular estas crianças e adolescente a contarem suas próprias histórias através deste novo jeito de fazer cinema”, ressalta Leila Dias, coordenadora do projeto Telinha de Cinema.

A oitava edição do Festival ”Nueva Mirada" vai até o dia 9 de setembro e será realizado nos salões INCAA Gaumont, Centro Cultural General San Martin - Enrique Muiño, 25 de maio, e no Instituto Bernasconi. O Festival oferece o melhor do cinema infanto-juvenil internacional. Os filmes são classificados por faixa etária de 4-8 anos, 9-12, 13-15 e 16 e mais velhos. Nesta edição, participam filmes de Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Chile, China, Dinamarca, Espanha, E.U.A., Estónia, França, Irã, Letônia, México, Peru, Rússia, Suécia, Turquia, entre outros. 



O Festival é organizado pela Associação Civil "Nueva Mirada”, cujo principal objetivo é contribuir para o desenvolvimento cultural e educacional de crianças, adolescentes e jovens através da educação para a mídia, promover a diversidade cultural e aumentar a quantidade e a qualidade da produção nacional de filmes e programas para estes setores.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Circuito Telinha na Escola vai à Aracaju - SE

A exemplo do que aconteceu em Salvador, Goiânia e em várias cidades do interior do Tocantins, 20 professores de escolas da rede pública de Aracajú, de diversas disciplinas, juntamente com técnicos formadores do Núcleo de Tecnologia de Educação da capital sergipana, vão participar de 24 a 27 de agosto, de uma oficina para produção de vídeo de bolso A atividade faz parte do Circuito Telinha na Escola, um projeto da ONG Casa da Árvore Projetos Sociais em parceria com a Fundação Banco do Brasil, Instituto Vivo e a Secretaria Municipal de Educação de Aracajú.

Nos próximos dias os educadores vão desenvolver habilidades tecnológicas para a produção de conteúdo multimídia a partir da apropriação artística e pedagógica de telefones celulares. A oficina permite ainda que os participantes identifiquem formas de relacionar esses vídeos a conteúdos e processos educativos, como a construção de blogs, de mapas colaborativos e difusão através das redes sociais.

“Nosso objetivo é estimular estes educadores a aproveitar todo o interesse e habilidades que os alunos tem com as novas tecnologias, trazendo para sala de aula, além das experiências sociais e culturais destes jovens, tornar o processo de aprendizagem mais colaborativo e criativo”, destacou Aluísio Cavalcante, presidente da ONG Casa da Árvore.

Na programação da oficina, além das técnicas básicas de todo o processo de produção audiovisual (técnicas de concepção e apropriação pedagógica do roteiro; técnicas de animação de captação de imagem e som com o celular e outros dispositivos móveis; técnicas e linguagens de edição de vídeo com a utilização de software livres) os participantes vão técnicas para apropriação pedagógica de mídias locativas, como a produção de mapas colaborativos. Ao final os educadores também vão desenvolver sequências didáticas multidisciplinares a partir das técnicas e tecnologias trabalhadas para que possam ser reaplicadas em sala de aula.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Volta às aulas no Telinha - inscrições abertas

Equipe do Telinha visita escolas da região sul de Palmas


O projeto Telinha de Cinema está com 40 novas vagas abertas para os alunos das escolas públicas no curso de vídeo de bolso. No Espaço Telinha, adolescentes e crianças dispõe de laboratório multimídia, mini-cinema, sala de aula, biblioteca, câmeras, celulares e uma equipe de artistas e educadores para poderem experimentar diversos processos de produção de arte digital.

Esta semana, professores e alunos veteranos do projeto estão visitando as escolas da região dos Aureny’s e Taquaralto para facilitar o processo de inscrição. O professor de cinema Ferdinando Marinho, destaca que “na maioria das escolas que visitamos notamos que os alunos já sabem da existência do projeto, alguns têm amigos que já participaram, mas mesmo assim, é muito importante o esforço esclarecer a dimensão da experiência de vida que o projeto proporciona”.

As visitas às escolas também são uma oportunidade para a equipe da ONG dialogar com as comunidades escolares, reunindo com os gestores e equipes pedagógicas para discutir afinidades entre o Telinha de Cinema e o projeto pedagógico das unidades escolares.

As vagas para o Telinha de Cinema já estão quase todas preenchidas, mas a coordenação do projeto adianta que uma lista de espera será organizada para suprir possíveis desistências. A coordenadora da iniciativa, Leila Dias, destaca, “para estas novas turmas vamos realizar uma grande oficina durante a primeira semana de atividades, onde todos possam experimentar, de uma maneira bem simples, o desafio de produzir um filme. A idéia e despertar ainda mais o interesse deles, e só depois falar de técnica, linguagem, tecnologia, etc”. Durante toda a semana que vem, a Casa da Árvore vai está recebendo os interessados para realização de matrículas.

As aulas começam na próxima terça-feira (17) com uma turma pela manhã, das 8h30 às 11h30, e outra à tarde, das 14h30 às 17h30. O curso tem a duração de cinco meses, período onde estes jovens desenvolvem habilidades para conceberem roteiros, produzir vídeos usando diversos suportes tecnológicos, editar vídeos e difundir conteúdos multimídia através das redes sociais.

Projeto para crianças

Já na segunda-feira (16) a ONG Casa da Árvore também dá início ao projeto “E se eu fosse o autor?”, desenvolvido em parceria com o Instituto EDP. A iniciativa pretende estimular crianças com idade de 8 a 12 anos a desenvolverem habilidades artísticas e tecnológicas através da criação de desenhos animados.

Para chegar à produção de vídeos, as crianças vão dedicar-se ao estudo da literatura infanto-juvenil brasileira, ao desenvolvimento de técnicas de desenho e pintura, além das técnicas básicas de animação e a familiarização com as novas tecnologias digitais. O curso é gratuito e oferecido a 20 crianças, divididas em duas turmas, uma matutina e outra vespertina. As aulas acontecem as segundas e sextas-feiras, no Espaço Telinha, que fica no Jardim Aureny I.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Primeiros jogos educativos para o UCA virão do TO

Novos desafios para a equipe do projeto Telinha Animada, um grupo de estudos e desenvolvimento de animação e jogos educativos organziado pela Casa da Árvore e pelo GEDJA. A equipe do professor Erick está participando do desenvolvimento de 20 protótipos de jogos eletrônicos educativos para os notebooks do projeto UCA - Um Computador por Aluno, do Governo Federal.

A iniciativa partiu do NTI Games, departamento de desenvolvimento de jogos da Faculdade Católica do Tocantins coordenado pelo professor Silvano Maneck Malfatti. O projeto conta ainda com a colaboração de alunos do curso de Sistema de Informação da FACTO. 

O projeto UCA tem como objetivo utilizar computadores portáteis e de baixo custo para revolucionar o ensino nas escolas públicas. No estado do Tocantins a Escola Estadual Dom Alano foi contemplada com o projeto que já se encontra em fase de execução. O projeto desenvolvido pelo NTIGames em parceria com a Casa da Árvore tem como objetivo utilizar jogos como ferramentas auxiliares no aprendizado de alunos do ensino fundamental e médio.

Para Silvano, os jogos desenvolvidos tendem a motivar o aprendizado de disciplinas como matemática, língua portuguesa e ciências. Para o coordenador do Telinha Animada, professor Erick, "é agora que junto com o NTIGames nossos alunos mostrarão o que aprenderam nos meses de estudo sobre o uso de softwares livres na produção de conteúdos multimídia educativos".

O projeto Telinha Animada vem sendo desenvolvido de maneira independente desde o início do ano, envolvendo 9 jovens egressos do Telinha de Cinema, em Palmas-TO. Os alunos aprenderam as principais técnicas de desenho e animação em 2D e 3D, conheceram programas de ilustração digital e animação, entre eles o GIMP, Inkscape e Blender 3D, e até o e até o final de agosto serão introduzidos conhecimentos do processo de produção de jogos digitais.

Em outubro a equipe do telinha Animada embarca para Fortaleza-CE, onde realizarão um show case sobre a experiência de utilização do  Blender 3D no processo de inclusão social.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

“Bulling” será exibido em Mostra Internacional



O curta «Bulling», dirigido pela jovem cineasta Warlla Christye e produzido coletivamente por alunos do projeto Telinha de Cinema, foi selecionado para o 21º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, que ocorrerá entre os dias 19 e 27 de agosto.

Esta é a segunda vez que jovens tocantinenses emplacam uma produção na programação do evento. A primeira foi o ano passado, com o vídeo “A mentira”.

O evento é um ponto de encontro entre a produção latino-americana e internacional, promove o intercâmbio de experiências culturais, econômicas e políticas relacionadas ao curta-metragem.

A programação é composta por uma instigante seleção da mais recente produção internacional e latino-americana além da maior projeção anual da produção nacional. O festival oferece também diversas expressões do curta-metragem onde se pode ver o mais inovador da produção mundial, retrospectivas, homenagens e curtas-metragens digitais feitos nas periferias das grandes cidades brasileiras.

A única produção tocantinense a participar desta edição, foi realizada em 2009, durante as aulas do projeto em Palmas (TO), e propõe uma reflexão sobre a prática da violência física e psíquica que a cada dia preocupa a sociedade brasileira e ocupa um espaço ainda maior na mídia. O vídeo de bolso foi gravado no Centro de Ensino Médio Santa Rita de Cássia, no Jardim Aureny I e , de maneira simples conduz o espectador as experiências reais vividas por alunos e professores.

O filme fará parte da Mostra KinoOikos Formação do Olhar e será exibido no Cine Clube Olido, Cine Clube Grajaú e Centro Cultural São Paulo (confira os horários das sessões). O Festival tem uma programação toda dedicada a troca de experiências de iniciativas sociais ligadas ao audiovisual, o Encontro Kinooikos Formação do Olhar.

Há anos, o Encontro da Mostra KinoOikos tem sido um espaço para debates, trocas de experiências, criação de vínculos e parcerias entre os participantes da seção. São projetos de oficinas audiovisuais e de realização popular de audiovisual, desenvolvidos por entidades, coletivos e pontos de cultura de todo o Brasil. 



Confira outros vídeos sobre bulling. CLIQUE AQUI.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Professores de Goiás recriam seqüencias didáticas com uso de celular



A partir da adaptação do poema de "Boi de Carro" (Jesus Barros Boquady) mais de 20 professores da rede pública estadual em Goiânia e 25 formadores dos Núcleos de Tecnologia em Educação do Estado de Goiás experimentaram novas tecnologias de produção multimídia com o uso do celular e das redes sociais. Do dia 22 ao dia 25 o grupo participou da oficina do Circuito Telinha na Escola na capital goiana, numa parceria da Casa da Árvore Projetos Sociais, Fundação Banco do Brasil, Instituto Vivo e Secretaria de Estado da Educação de Goiás.

Além de refletirem sobre a incorporação destes dispositivos tecnológicos no ambiente escolar, os educadores desenvolveram habilidades artísticas e tecnológicas que serão levadas para os demais professores de todo Estado através da atividades de formação. O objetivo é reposicionar o uso da tecnologia na escola, tirando-a da função de ilustração e levando os educadores a se apropriarem do celular e das redes sociais como um ambiente colaborativo de construção do conhecimento.

Como resultado, além de uma série de vídeos de bolso, os professores produziram seqüencias didáticas para diversos conteúdos curriculares tendo em vista a utilização destas novas tecnologias de informação, comunicação e mobilidade.

Confira os vídeos, os textos e as sugestões de atividades para sala de aula no blog Goiás Educação e Arte.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Sexto Seminário de Comunicação, Arte e Cidadania de Natividade-TO


A oficina de Pocket Movie ministrada pela ONG Casa da Árvore durante o Sexto Seminário de Comunicação, Arte e Cidadania realizado na cidade de Natividade-TO fora a mais aguardada durante o seminário. Com aproximadamente 50 estudantes inscritos, a oficina contou com ampla participação da população de Natividade e rendeu bons frutos, ou melhor, bons vídeos.

Todos os vídeo estão postados no próprio blog da oficina (Clique aqui) e as fotos podem ser conferidas no orkut da Casa da Árvore (Clique aqui).

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Seminário de Arte, Comunicação e Cidadania começa hoje em Natividade

A arte, a comunicação e a cidadania serão amplamente abordadas, debatidas e vivenciadas durante o VI Seminário Nacional de Arte, Comunicação e Cidadania, que começa nesta quarta-feira (16), às 19h, e segue até o próximo sábado (19) no município de Natividade, distante cerca de 250 km de Palmas. Durante quatro dias a população local e os demais participantes terão à disposição palestras, oficinas, minicursos, mesa redonda, mostra de vídeo, exposição fotográfica e feira gastronômica. O tema deste ano é história e imagem e a Casa da Árvore Projetos Sociais vai realizar uma oficina do Circuito Telinha ba Escola para jovens da comunidade local. A experiência irá envolver a produção de micrometragens e mapeamento além de ferramenta para coberturas on line da programação, LEIA MAIS

terça-feira, 15 de junho de 2010

Blog do C.E.M Sta Rita dá show

Mais uma boa surpresa dos alunos alunos do Telinha de Cinema. Com a febre de blogs que surgiu no projeto nos últimos meses, algumas iniciativas tem se destacado, pelo conteúdo, formato, participação de colaboradores e envolvimento com a comunidade. Um dos mais interessantes é o blog do C.E.M Santa Rita. Iniciado por uma ex-aluna da escola, Warlla Christye e hoje moderado por Melissa e Maísa, o blog já agrega vários seguidores que participam do espaço através de comentários e enquetes.

Como assuntos, os alunos publicam textos, fotos e vídeos sobre o dia a dia da escola, comportamento, tecnologia e estimula o debate de vários temas como a violência na escola. Vale a pena conferir o trabalho da galera do CEM Santa Rita, que está dando show de bola com o blog. LEIA MAIS

segunda-feira, 14 de junho de 2010

vídeos e localidade - uma experiência na comunidade do Canto das Artes


Visualizar Galera de Taquaruçu em um mapa maior

Veja o resultado da oficina do Circuito Telinha na Escola no blog Galera do Canto. Reunimos quase 20 crianças que pouco conheciam sobre informática de uma maneira geral e fizemos diversos jogos lúdicos com uso de vídeos com celular, mapas e servidores de vídeo. Em uma espécie de "boca de forno" digital, eles exploraram os quintais vizinhos ao Ponto de Cultura Canto das Artes, onde foi realizada a atividade. Confira o vídeo da moçada do Canto.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Telinha entra em ritmo acelerado de produção.



Sempre ao final do curso do Telinha de cinema os alunos são desafiados a colocar em prática todas as experiências e técnicas aprendidas durante o semestre. E neste momento, estamos finalizando as gravações dos filmes da primeira turma de 2010. São micro-metragens com até três minutos gravados com a câmera do celular e os recursos de iluminação improvisados pelos próprios alunos. As produções deste ano estão prioritariamente focadas em ficções, estórias simples que retratam indiretamente o cotidiano dos alunos e a sociedade palmense.
Os filmes deste semestre são:
VENCENDO O PRECONCEITO (ficção) - Com direção da aluna Rúbia, o filme conta a estória de um casal que enfrenta preconceito racial e social entre famílias.
MIJOLÃO E MIJOLETA (animação) - Retrata a estória de duas baratinhas, e é um marco para o telinha por ser a primeira animação do projeto feita com a técnica Stop-motion.
REFLEXÃO (ficção) - Trata-se de um vídeo que retrata a situação do preconceito entre o mercado de trabalho e um ex-presidiário. Conta com a direção do aluno Igor Lourenço.
NÊGO BALA (documentário) - É o único documentário dos alunos durante este ano. Contando a estória de superação de um maratonista morador da cidade de Palmas.
MUNDO VIRTUAL (ficção) - Este é o filme feito pela equipe de alunos da manhã e conta a estória de uma menina que se prende ao mundo virtual e acaba caindo nas armadilhas de um psicopata. Dirigido pela aluna Jeane.
Após as gravações, a edição é feita de modo coletivo com a orientação e o suporte da equipe do telinha.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Produção de arte multimídia integra professores e alunos em Taquaruçu



Durante esta semana cerca de 20 professores e alunos de escolas públicas de Taquaruçu e dos projetos socioculturais do distrito ecoturístico de Palmas vão participar de uma oficina para produção de arte digital. A atividade faz parte do Circuito Telinha na Escola, um projeto da ONG Casa da Árvore Projetos Sociais em parceria com a Fundação Banco do Brasil e Instituto Vivo. Na edição realizada em Taquaruçu, a oficina conta ainda com o apoio da ONG Canto das Artes.

Nos próximos dias, educadores e jovens estudantes vão desenvolver habilidades tecnológicas para a produção de conteúdo multimídia a partir da apropriação artística de telefones celulares. A oficina permite ainda que os participantes identifiquem formas de relacionar esses vídeos a conteúdos e processos educativos, como a construção de blogs, de mapas colaborativos e difusão através das redes sociais.

Na programação da oficina, além das técnicas básicas para produção de micrometragens, os participantes vão criar mapas multimídia de Taquaruçu, com informações culturais, educativas e ambientais, blog’s colaborativo e experimentar técnicas para transmissão ao vivo de áudio e vídeo para internet.

Até o final do ano a equipe da Casa da Árvore Projetos Sociais vai percorrer outros sete Estados brasileiros com esta oficina. O circuito de atividades de formação é resultado do Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil, concedido ao projeto em 2009. Confira mais sobre o projeto Circtuito Telinha de Cinema. Leia Mais

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Circuito Telinha na Escola abre atividades do VI Seminário Nacional de Arte, Comunicação e Cidadania de Natiividade


Para transformar o celular, hoje um dos maiores vilões da sala de aula, num forte aliado para o aprendizado, 40 professores da rede pública de Natividade, na região sudeste do estado, há 270 km de Palmas, começam nesta terça (25) uma oficina do projeto Circuito Telinha na Escola. Até o próximo sábado esses educadores vão desenvolver habilidades para produção de vídeos com celular e para identificar formas de fazer das redes sociais uma extensão da sala de aula.
O projeto é realizado pela ong Casa da Árvore Projetos Sociais em parceria com a Fundação Banco do Brasil e Instituto Vivo. A edição na cidade histórica conta ainda com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Juventude e da Universidade Federal do Tocantins e faz parte da programação do Seminário Nacional de Arte, Comunicação e Cidadania, que acontece entre os dias 16 e 19 de junho. Durante o Seminário, outra oficina será realizada, desta vez dedicadas a jovens estudantes da rede pública de Natividade.
A experiência por que estes educadores de Natividade vão passar esta semana, vem sendo incorporadas ao dia a dia de comunidades escolares em Estados do Tocantins e Rondônia, através do projeto Telinha na Escola Assim os professores estão aproveitando o interesse e as habilidades que os jovens tem com a tecnologia e tornando a escola e o aprendizado mais interessantes e criativos.
Até o final do ano a equipe da Casa da Árvore Projetos Sociais vai percorrer outros sete Estados brasileiros com esta oficina. O circuito de atividades de formação é resultado do Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil, concedido ao projeto em 2009.

nossos visitantes